quarta-feira, 23 de agosto de 2017

O caso da Professora Agredida por um aluno em Santa Catarina



   No dia 22 de Agosto (terça-feira) a professora Marcia Friggi foi agredida por um aluno por em Indaial SC, por pedir que tirasse o livro de baixo das pernas e colocasse em cima da mesa. A Professora fez um boletim de ocorrência  e desabafou em suas redes sociais, mas isso todos já sabem.
  Nem vou comentar o fato de ela ter apoiado quem jogou o ovo no rosto no deputado Jair Bonsonaro, afinal fora do ambiente profissional todos temos o direito de expor nossas opiniões politicas e ideológicas, obvio que dentro da escola a história muda e por isso acho muito bom o Projeto Escola sem partido, (tema que vou falar nesta sexta feita).
  O que a maioria do Brasil não sabe (ou finge não saber) é que diariamente alunos e pais agridem professores fisicamente, tanto verbalmente , isso sem contar os professores ACTs que além disso sofrem ameaças de seus próprios colegas, gestores e funcionários da escola. Não é vitimismo é a triste e pura realidade.
Infelizmente a categoria da educação perde tempo defendendo ideologias políticas e não se apoiam e isso torna a categoria fraca e assim suscetível a essas violências. Isso que nem cheguei a ponto de falar das torturas que o governo faz com a categoria.
  Hoje o professor perdeu totalmente a autoridade dentro da sala de aula, não por sua culpa, pelo contrário no domingo enquanto os trabalhadores de outras categorias estão fazendo aquele churrasco, professores estão corrigindo provas e planejando aulas. Os motivos principais da perda de autoridade são :
  • Os Pais e/ou responsáveis: não educam seus filhos em casa e imaginam que é trabalho do professor, muitos mal se interessam na vida escolar do seu filho, quantas vezes eu vi, pais irem buscar boletim sem saber nome da professora, sala e ano que o filho(a) estuda e  isso quando vai. Se tiver uma nota baixa dai já vem com inúmeras desculpas protegendo os anjinhos da mamãe e futuro agressores, claro que ainda existe aquele 1% que entende suas responsabilidades como pais e/ou responsáveis e trabalham junto com o professor para o melhor desempenho do seu filho(a);
  • A sociedade por não compreender que o professor tem vida pessoal e vida profissional, se verem um professor em uma festa tomando uma cerveja é o fim do mundo, e até onde sei não existe nenhuma lei proibindo o Profissional da Educação de ter uma vida fora da escola;
  • O governo, criando tantos e tantos direitos dos alunos, esquecendo de mostrar que a sociedade que tantos os Pais e/ou responsáveis como os alunos tem deveres com a Educação.
   Hoje a escola não é tão atrativa aos alunos, não por a aula ser quadro e giz, o professor não fazer aulas com recursos tecnológicos e sim por não ter desafios. Conheci trabalhos fantásticos de professores com tecnologia e outras inovações e o que eles ganharam ? Várias criticas de colegas, chamada de atenção pelo gestor da escola por reclamação dos pais. 
   De um jovem de 14 ano um tablet com um jogo bem fácil e depois um jogo difícil, no final veja qual ele mais gostou. No incio pode até gostar do fácil, mas não demora e tentar o difícil e assim que conseguir ganhar pontos, ele mostrar ao seus amigos e desafia-los e assim eles vão tentando cada vez um superar o outro. O desafia da escola seriam as notas e no final do ano ser aprovado ou reprovado de ano, isso o Governo o tirou , mudando a regra para a reprovação, e caindo a média escolar de 7 para 6
   Nessas condições como uma pessoa vai prender a atenção de 40 alunos, sendo que eles sabem que basta ter 75% de frequência e não precisa ter nota para ser aprovado ? 
  Sim esse é o drama diário dos Professores Catarinenses, então quando um professor faz greve, faz manifestação (pela educação claro) a sociedade acha ruim, acha que é injusto, acha que o professor reclama de barriga cheia.
   A Professora Marcia Friggi, desejo boas melhoras dos ferimentos físicos e emocionais, muita força nessa jornada que não é fácil.
  Digo a professora que não se entristeça, mesmo sabendo que são apenas comentários, as palavras machucam tanto como um soco, pois a maioria não sabe o que diz. E para finalizar meu muito obrigado a professora Marcia Friggi e a todos os professores que trabalham em SC, lutando diariamente pelo bem de nossas crianças, independente partido político, todos os professores devem ser respeitados e digo mais, devem ser glorificados, não concorda ?

   Vá lá trabalhar na escola em uma sexta-feira, depois do intervalo no sexto ano do período da tarde dar uma aula de matemática para ver o que estou falando.
  
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial